FANTASIAS DA SINUCA

No livro do Jorge Dias, "Segredos da Sinuca", a página 49 comenta sobre as "Curvas da Bola de Jogo", mostrando na página seguinte a gravura a seguir reproduzida:

A técnica de obter esse artifício, associada com outras, permite ao jogador hábil conseguir efeitos especiais e transformar muitas jogadas em destacadas "fantasias", verdadeiros "malabarismos" com as bolas, que deliciam os assistentes.

Um dos mestres do Rio de Janeiro nessa técnica era o Lincoln Soares Pinto, exímio jogador e amigo particular do Jorge Dias, famoso não só em seu Estado, mas também nos principais centros de prática de sinuca do Brasil.

O Lincoln tinha uma coleção de jogadas, que o Jorge Dias está reproduzindo a seguir.

AS FANTASIAS DO LINCOLN

1. Uma bola colada no bico da caçapa do meio, com a bola de jogo também  colada no  bico da mesma caçapa, no lado oposto. A bola é encaçapada na caçapa do meio oposta. (são duas as caçapas do meio, uma defronte a outra);

2.  Bola de reta para uma das caçapas do canto. Quem assiste, não chega a perceber que a bola de jogo  não toda na bola a ser encaçapada. O que toca na bola encaçapada é o taco;

3.  Da mesma maneira com o lado do taco, é  " talhada" uma bola para a caçapa do canto( são 4- quatro), com um ângulo impossível para encaçapar;

4.  Bola de reta na caçapa do meio, com uma outracolocadaem uma caçapa do canto.   " Matam-se " as duas com uma só tacada, com efeito afavor da tabela, tocando-a duas ou três vezes a bola de jogo( a branca );

5.  A bola de jogo toca em duas bolas coladas, na marca da bola seis(6), que são encaçapadas nos cantos, dirigindo-se para a outra extremidade para "matar " a bola que alí está colocada;

6.  Bola em cima da " varanda ". Utiliza-se um taco fora da mesa, paralelo à uma das tabelas, com uma  bola colocada entre o taco e tabela. Com duas bolas na mesa, é feita a         "carambola ". A bola de jogo sobe na tabela e corre entre o taco e a tabela, tocando a bola alí colocada;

7.  MASSÈ - A bola de jogo é acionada com massè, fazendo curva sobre a bola colada no centro da tabela do fundo, e matando a bola colocada na caçapa do canto;

8.  A mesma posição com a tacada de efeito contra a tabela oposta, tocando na tabela da posição do jogador, e voltando para matar a bola na caçapa do canto;

9.  Duas bolas colocadas nas  caçapas dos cantos, são encaçapadas pela bola de jogo, com efeito a favor da tabela;

10. Duas bolas coladas próximo à uma caçapa do cantosão acionadas, enquanto, anteriormente, uma outra bola já havia sido endereçada na direção de uma tabela. Com um "pique" a bola de jogo corre junto à tabela indo "matar  a primeira bola na caçapa do canto;

11. Três tacos colocados em uma das caçapas do canto, com as pontas voltadas para o centro da mesa. Duas bolas colocadas em cada uma das caçapas do meio. A bola de jogo         " mata " uma das bolas colocadas na caçapa do centro e vai em direção dos três tacos, subindo sôbre êles. Ao descer sobre dois tacos, "mata a outra bola colocada na caçapa do meio;

12. Uma bola colocada exatamente sob um taco, na altura da primeira marca da tabela e outra colocada quase dentro da caçapa do canto. A bola de jogo toca a bola sob o taco, passa por cima do taco e volta para  matar a bola na caçapa do canto;

13. Diversas bolas são jogadas com a mão esquerda sobre a mesa, e quando do retorno, são encaçapadas, com um só braço e sem apoio;

14. Três bolas  colocadas da seguinte maneira: duas em cada caçapa do canto e a terceira é acionada pela bola de jogo. Esta morre na caçapa do canto, enquanto a bola branca(bola de jogo ) mata a bola colocada na outracaçapa, correndo a bola branca paralela e junto do taco colocado sobre a mesa, para matar a outra bola na caçapa da outra extremidade;

15. A bola de jogo mata uma bola em um dos cantos, sem tocar nas duas que estão próximas, preparando uma outra na caçapa do meio;

16. Bola de reta em uma das caçapas de canto, é encaçapada na oposta, indo a bola alvo direta para aquela caçapa, enquanto a bola de jogo, vai na tabela primeiro;

17. Bola quase dentro da caçapa do canto, estando em sinuca, com a bola branca colada na mesma tabela, sai de sinuca, matando a bola alvo. Esta "fantasia " admite outras variações;

18. Sinuca com a bola-alvo da vez na caçapa do meio. A bola branca passa  pela bola que está dando sinuca, tocando na tabela do fundo e matando a bola na volta;

19. Bola quase dentro de uma caçapa do canto. A bola branca vai na tabela do fundo e quando volta sob um toque de efeito, fazendo retornar e matar a bola;

20. A mesma fantasia com uma bola máxima da bola de jogo;

21. Bola de reta na caçapa do fundo, contudo com outra bola na mesma direção e depois da primeira, e , portanto, impedindo a tacada direta. A bola branca toca na bola alvo  a primeira, fazendo com que salte sobre a Segunda bola, indo morrer na caçapa do fundo;

22. Bola branca afastada 15 cm de uma das caçapas do canto, com uma bola quase dentro de uma das caçapas do fundo, contudo com duas bolas impedindo a tacada direta. A bola branca é acionada em 5 ( cinco ) tabelas, sem esbarrar  nas bolas que impediam a tacada direta, para matar a outra bola;

23. Bolas 4( quatro ) e 5( cinco ) nas marcas respectivas. A bola branca próximo à tabela do fundo, mata a bola quatro, preparando a bola cinco;

24. Bola branca  no meio da mesa com duas bolas quase coladas na tabela do fundo. A bola de jogo é acionada fazendo a carambola.

 

               

 Jorge Dias
 CD: Músicas do Jorge Dias
 Livro: Segredos e Memór. da Sinuca
 Adquira o Novo Livro
 Livro: Segredos... - Prefácio
 Livro: Contabilidade
 Livro: Contabilidade Sem...
 Livro: Declaração de Bens
 Livro: O Segredo do Lucro
 Musicas do Jorge Dias
 Ofertas: livros, CDs e Vídeos
 Sinuca: Esporte Oficial
 1º Campeonato Brasileiro: 1978
 Fantasias - Lincoln
 Pronunciamento do Jorge Dias
 Colunas do Jorge Dias
 Logomarca da FSBERJ
 Hino da FSBERJ
 Fotos e Imagens
 Primórdios
 Links
 Paulinho da Viola 01
 Paulinho da Viola 02
 Jorge Dias na FSBERJ
 E-mail